MICROCHIPAGEM

O microchip para cães e gatos é uma forma popular e moderna de identificar o animal de estimação de um modo eficaz e seguro. O microchip é um micro-circuito eletrônico, que contém um código exclusivo e inalterável que transmite informações específicas. Apresenta tamanho aproximado a um grão de arroz, sendo assim possível implantá-lo sob a pele. Seu uso para cães e gatos já é obrigatório em muitos lugares.

Quando o microchip para gatos e cachorros é utilizado:

* É obrigatório implantar o microchip no cachorro ou no gato se o animal estiver viajando para qualquer dos países da Europa e no Japão;
* Criadores de cães e gatos utilizam o microchip por exigência de Associações, para assegurar a origem da raça e impedir falsificações de pedigree;
* Por donos para que seja possível a identificação caso o bichinho de estimação se perca.

A implantação é realizada com uma seringa especial, parecida com aquela utilizada para aplicar vacinas. Não é feito nenhum tipo de anestesia para injetar o microchip, é como se fosse uma injeção comum.

O microchip para cães e gatos não possui nenhum tipo de bateria e fica inerte o tempo todo enquanto não for ativado. Ele só emite energia ao ser lido pela leitora, para a qual mostrará os dados que ele contém. Como o microchip fica dentro de uma cápsula de biovidro cirúrgico (mesmo material utilizado em marca-passos), a durabilidade deste dispositivo será o tempo que a cápsula leva para se decompor, que é de aproximadamente 100 anos.

Existe um leitor próprio para ler o microchip. Ele contém um scanner, que faz a varredura do sinal emitido pelo chip através de uma frequência de rádio baixa, após ler o código, este é mostrado no visor do leitor.

O dono preenche um cadastro, fornecido pela empresa do microchip para cães e gatos, onde as informações ficam em um sistema de banco de dados. O leitor capta o número, esse número é verificado pela empresa e é feita a busca no banco de dados, encontrando, assim, informações de quem é o dono, endereço e contato do mesmo.

Vantagens

O microchip não precisa de nenhum tipo de recarga, só irá ser ativado pelo leitor;
É impossível que o cão ou gato perca o microchip;
Não para de funcionar por toda a vida do animalzinho;
Não é necessário realizar nenhum tipo de manutenção.