CARDIOLOGIA

A cardiologia veterinária é uma área de atuação do médico veterinário que envolve o estudo do sistema cardiovascular e de suas afecções. Com o avanço dos meios diagnósticos o número de animais idosos vem aumentando e, conseqüentemente, maior a incidência de afecções relacionadas à idade, como alterações cardiorrespiratórias, oncológicas entre outras enfermidades.

As principais afecções cardiovasculares adquiridas são as valvopatias (degeneração crônica das valvas mitral e/ou tricúspide), cardiomiopatias (cardiomiopatia dilatada, hipertrófica, restritiva, arritmogênica do ventrículo direito, não classificada, entre outras), arritmias, neoplasias intra ou extra-cardíacas e alterações pericárdicas. Os felinos são principalmente acometidos por afecções miocárdicas (cardiomiopatias hipertrófica, restritiva, dilatada, entre outras); e algumas raças como Maine Coon, Ragdoll e Persa apresentam fatores genéticos envolvidos com a etiopatogenia destas afecções.

Dentre as alterações congênitas mais comuns, destacam-se a persistência do ducto arterioso (PDA), estenose aórtica e sub-aórtica, estenose pulmonar, comunicação interatrial (CIA), comunicação interventricular (CIV) e a tetralogia de Fallot.

Independentemente da enfermidade de base, a maioria das alterações cardiovasculares resulta em insuficiência cardíaca congestiva (ICC), e as principais manifestações clínicas relacionadas incluem tosse seca e improdutiva, cansaço fácil, intolerância a exercícios, distrição respiratória, cianose, pré-síncope, síncope, convulsão, ascite e edema de membros em fases mais avançadas. O tratamento das cardiopatias é essencialmente medicamentoso, embora existam tratamentos cirúrgicos para determinadas afecções. A terapia é crônica e tem como objetivo a melhora na qualidade de vida e na sobrevida do animal.

Os exames complementares mais solicitados incluem:
• ELETROCARDIOGRAMA
• PRESSÃO ARTERIAL
• RADIOGRAFIA TORACICA
• ECOCARDIODOPPLER
ADICIONAR FOTOS DE CARDIOLOGIA
(ABRIR JANELAS PARA DESCRIÇÃO DOS EXAMES)

A. ELETROCARDIOGRAMA
O Eletrocardiograma Veterinário é um exame que registra a atividade elétrica do coração em relação ao tempo. É um meio diagnóstico de fácil execução, que proporciona informações úteis ao diagnóstico e controle de doenças cardíacas e sistêmicas.
É um exame indolor onde os eletrodos são colocados em pontos específicos do corpo do animal, causando um leve desconforto na região. Desse modo a atividade elétrica do coração pode ser transformada em ondas registradas no aparelho permitindo assim a sua avaliação.
O exame eletrocardiograma veterinário dura aproximadamente dez minutos e deve contar com a colaboração do animal, pois em animais muito agitados ou bravos o exame pode ficar prejudicado e muitas vezes inviável.
O Eletrocardiograma na Clinica Veterinária Monsenhor Bruno: Como fazê-lo?
Exame realizado mediante agendamento prévio.
A liberação do laudo ocorre somente em 24 horas.
O animal não precisa estar em jejum.
Solicitações externas devem estar acompanhadas do pedido por escrito do Medico Veterinário responsável.

B. PRESSÃO ARTERIAL
A avaliação da pressão arterial sanguínea é uma ferramenta indispensável na prática clínica veterinária e na monitoração de pacientes anestesiados ou sob cuidados intensivos, devido sua utilidade nos diagnósticos, tratamento e acompanhamento de diversas doenças.
A medição da pressão arterial nos pequenos animais pode ser realizada por métodos não invasivos ou invasivos. O primeiroconsiste na utilização de um aparelho desenvolvido especificamente para uso veterinário, de utilização rápida e simples, que amplifica o som da passagem do fluxo de sangue nas patas e na cauda. Já o segundo (invasivo) consiste na introdução de um cateter na artéria do animal e é mais utilizado em procedimentos cirúrgicos.

C. RADIOGRAFIA TORACICA
O RX de tórax permite avaliar a silhueta cardíaca, campos pulmonares, traqueia torácica, esôfago torácico, cúpula diafragmática, gradil costal esterno, etc.

Embora a radiografia torácica seja importante técnica para o estudo cardiológico, recomenda-se para a elaboração de um diagnóstico completo e um plano terapêutico adequado e direcionado para cada paciente, integrar as informações obtidas nestes procedimentos à avaliação clínica, eletrocardiograma e outros exames complementares pertinentes.
Tradicionalmente, a análise radiográfica cardíaca busca o diagnóstico considerando o tamanho e a forma de cada parte do coração separadamente.

D. ECOCARDIODOPPLER
A ultra-sonografia Doppler é um métodorelativamente recente em Medicina veterinária. Aferramenta Doppler associada à ultra-sonografiaconvencional fornece informações em tempo real sobrea arquitetura vascular e os aspectos Hemodinâmicosdos vasos em diversos órgãos. O exame permite obter informações sobre o tamanho e a função das câmaras cardíacas, espessura das paredes, integridade valvar, padrões de fluxo sanguíneo e alguns indicadores da função ventricular, auxiliando de maneira decisiva no diagnóstico e no tratamento de cardiopatias.
Com o doppler as possibilidades de diagnóstico avançaram ainda mais. Ele demonstra precisamente a direção e a velocidade do fluxo sanguíneo no coração e nos vasos, parâmetros de grande valor para diagnósticos e prognósticos.